Desastres do passado

04:37 Francisco Tiago 0 Comments

Eu já pensei muitas vezes em escrever coisas trágicas que se passaram na minha vida para que as pessoas que estejam a passar pelo mesmo não se sintam que isso só acontece com elas, mas não posso há pessoas que sabem quem eu sou e por isso não posso falar destas coisas.

Mas vou falar-vos de uma que nem os meus pais sabem, um dia eu ia a caminhar normalmente para ir para a minha aula de viola como fazia todas as terças e ia a caminhar e estava a olhar para o lado já não me lembro para que !

De repente senti um encontrão contra mim, quando me viro para olhar só vejo uma velhota a cair para o chão, mas isto não fica por aqui, a mulher bateu com a cabeça e fez um golpe que começou a sangrar. De repente começou um monte de gente a aproximar-se de todos os lados e eu estava super aflito, só me lembro de dizer "A culpa não foi minha eu não a vi, foi sem querer, foi sem querer!" e quase que ia começando a chorar. Fiquei com uma aflição tão grande que me apeteceu matar-me.     

Nesse dia quase que não consegui dormir, nem comer só de pensar o que é que tinha acontecido à velha.

0 comentários: