Britânico condenado a prisão por ter baleado o próprio cão

13:34 Francisco Tiago 0 Comments

Um britânico foi condenado a 20 semanas de prisão por ter baleado o próprio cão seis vezes e o ter deixado a morrer numa vala.
 
Marc Turnbull, de 38 anos, também bateu no animal com uma pá, alegando que esta era a sua única opção, uma vez que não conseguia encontrar outro lar para o cão (se querem a minha opinião que descaramento, quem devia levar o tiro e com a pá no lombo era o dono e não o cão).
 
Rocky, o cão, foi encontrado numa vala, perto de Weedon, em Northampstonshire, no dia 21 de abril. Tinha vários ferimentos, incluindo uma perfuração provocada pela entrada da bala na cabeça.
 
Marc Turnbull já tinha três acusações de maus tratos a animais. O homem foi identificado através do michochip de Rocky.
 
O animal recuperou e encontrou uma nova família.

 
  • Acho que a pena que esta pessoa apanhou devia ter sido muito maior, se fosse um ser humano este homem teria sido condenado a uma pena máxima, mas como é um simples cão já só é preso durante umas semanas, um cão é um ser vivo como qualquer humano, sente dor, sente amor e tudo mais, uma crueldade destas merecia no mínimo 5 anos.  

0 comentários: